NAMORO

namoro Antigamente o ato de namorar não gerava qualquer consequência no mundo jurídico, a não ser a transformação do relacionamento com a celebração do casamento. Devido aos tabus, os casais não viajavam juntos, desacompanhados da família, tampouco dormiam juntos, pois o relacionamento sexual entre pessoas solteiras não era tolerado pela sociedade e, portanto, quando os casais “dormiam” juntos, faziam isso de forma discreta, escondida.
Atualmente, os namoros são muito diferentes do que eram há alguns anos. Os casais dormem juntos, viajam, compartilham muito tempo em atividades conjuntas. Isso faz com que o namoro, em alguns casos, muito se aproxime da união estável, entendida como o relacionamento caracterizado pela convivência pública, contínua e duradoura, estabelecida com o objetivo de constituição de família e que, como todos sabem, tem consequências para as partes envolvidas, como o direito a alimentos, partilha de bens, entre outros.
NAMORO NA PRAIA Por esse motivo, muitas pessoas, preocupadas com o fato de, no futuro, poderem ter um namoro confundido com uma união estável (principalmente porque, uma vez terminado o namoro, aquele que ficou magoado pode tentar atormentar ou se vingar do outro), estão namorando “de papel passado”! É isso mesmo: tem muita gente namorando somente depois de celebrar um “contrato de namoro”.
Todavia, os contratos de namoro, para muitos, não possuem validade jurídica. Aliás, essa questão da validade do contrato de namoro tem gerado muita polêmica no mundo jurídico. Isso porque a vida é dinâmica e, mesmo tendo assinado um contrato de namoro, a parte pode conseguir demonstrar que o namoro evoluiu para uma união estável.
Ademais, a lei se sobrepõe ao contrato, ou seja, prevalece a lei, que tutela a união estável, sobre o contrato de namoro.
No entanto, o contrato de namoro sempre servirá como início de prova e indício de inexistência de união estável ou, pelo menos, para delimitar um prazo em que não existiu união estável entre as partes, pois estavam comprovadamente simplesmente namorando.NAMORADOS5
Não há regras fixadas para o contrato de namoro. Porém, como qualquer contrato, deve conter a qualificação das partes contratantes e as cláusulas, em especial uma cláusula que estabeleça que as partes possuem relacionamento de namoro puro e simples e que renunciam expressamente ao interesse de constituir família (união estável) e, o mais importante, deve-se colocar o prazo de duração do contrato, pois namoro nunca foi nem poderá ser eterno. Uma vez terminado o prazo, as partes devem renovar o contrato de namoro (ou, se preferirem, que se casem ou vivam em união estável).namorados famosos

Apesar da validade discutível dos contratos de namoro, eles estão na moda. Até mesmo famosos, como a cantora Britney Spears, estão celebrando esse tipo de contrato.
Enfim, o contrato de namoro, apesar de sua validade questionada pelos juristas, pode servir como um dos elementos de prova de ausência de união estável.

Elisabete Aloia Amaro
Doutora em Direito Civil (USP), Mestre em Direito Penal (USP), Advogada militante na área cível.

DICAS PARA NAMORAR E DAR CERTO

DICAS DE NAMOROPara um namoro dar certo, é preciso deixar alguns hábitos de lado, mas se você encarar isso como limitações, quer dizer que o relacionamento não iniciou bem, e que talvez você não esteja preparado para uma relação madura com uma mulher. Claro que tudo tem limite e a gata não pode sufocá-lo, o mesmo deve ser dito a você, que não pode fazer a mulher com quem está junto se sentir aprisionada.

1. Mantenha a individualidade
Mesmo quando duas pessoas se curtem muito e começam a namorar, cada uma continua com a sua vida, afazeres e interesses. E isso não pode mudar, por mais que vocês gostem de estar sempre juntos, existem momentos em que é preciso se separar para seguir com a sua vida. Em geral, os casais que vivem muito grudados enjoam facilmente um do outro. É preciso dar espaço para a saudade.

2. Afaste o ciúme
O ciúme é um grande problema na maioria dos casais, ainda mais quando ele é desmedido e descontrolado, independente de qual das partes vier. Sentir um pouco de ciúme é normal e as mulheres se sentem amadas quando sabem que seus namorados têm ciúmes delas, mas isso não pode atrapalhar as relações interpessoais que cada um tem em sua vida.

3. Não deixe o romance cair na monotonia
O que pode arruinar a vida de qualquer casal é a monotonia do cotidiano. O dia-a-dia das pessoas já costuma ser repetitivo, o que incomoda a muitos, por isso, ao menos, quando você estiver com a sua gata, deve ser criativo, para que cada dia pareça diferente do outro. Jantem em restaurantes bacanas, façam passeios, cinema, exposições, teatro, jogos, atividades físicas, tudo isso pode ser feito para quebrar a rotina.

4. Não se acomode na relação
Além de sempre propor atividades para o namoro não ficar monótono, você também não pode se acomodar no que diz respeito à parte afetiva. Você deve dizer à gata o quanto gosta dela, dar presentes e lembrar as datas comemorativas, inclusive, as que estão ligadas a vocês. Não adianta achar que, por estar namorando, a gata já foi conquistada e ponto. Se você não for gentil e romântico com frequência, pode perdê-la.

5. Preste atenção na gata
Assim como você não pode esquecer o dia em que vocês fazem aniversário de namoro, uma data sagrada para as mulheres, você deve sempre mostrar que repara nela, seja quando ela faz um corte diferente no cabelo, seja quando ela corta apenas as pontas. Se você viu que ela fez alguma coisa, mas não sabe o que é, diga “como você está linda”, isso sempre ajuda.

6. Dê flores a sua gata sem motivo
Existem muitos presentes que agradam às mulheres, mas com certeza, flores, todas elas gostam, ainda mais se você der um lindo buque em um dia qualquer sem motivo. Experimente, e o presenteado será você.

7. Não minta para a sua namorada
Mesmo que seja uma bobagem, é sempre indicado nunca faltar com a verdade com a gata e nem ocultar nada dela. Mentira tem perna curta e as mulheres são ótimos detectores de mentira. Se ela souber que você mentiu, nunca vai esquecer-se disso.

8. Não critique a mãe da sua gata
Por mais que muitas sogras façam jus ao papel de caninanas que recebem, as mães são sagradas e, por isso, nunca provoque atrito com a mãe da sua gata. Por mais que ela esteja errada, mantenha a compostura, senão, é você quem pode se dar mal.

9. Não traia a sua namorada
Sobre isso, não tem muito que dizer, você pode querer se arriscar em um casinho paralelo, mas se a sua gata souber disso e dependendo do gênio dela, é melhor você pensar duas vezes antes.

10. Não olhe muito outras mulheres
Você pode não trair a sua namorada, mas ser do tipo de homem que não consegue se controlar ao ver uma bela mulher e instintivamente começa a olhar para ela. Isso é tão sério como traição, para uma mulher, ainda mais se for uma de suas amigas.

11. Seja romântico, mas sem exageros
As mulheres gostam de lindas palavras e jantares românticos, mas não exagere na meiguice, pois elas também não gostam de caras grudentos. Saiba ser sensível na medida certa e mostre determinação quando o momento exigir.

12. Seja amigo dos amigos da sua namorada
Não crie desavenças com os amigos e amigas da sua namorada, não faça inimizades, pois para algumas mulheres a opinião deles vale ouro e se eles não forem com a sua cara, periga da relação terminar.

13. Admita quando você errou
É normal que em uma relação existam desavenças, mas para que o namoro dê certo, ambos devem aprender a ceder. Quando for a sua vez, mostre com humildade que errou.

14. Aprenda a gostar de outras atividades
O mais normal é que um casal tenha gostos parecidos, mas também é comum que os opostos se atraem, por isso, se a sua gata tiver um gosto muito diferente do seu, tente aprender a gostar do que ela tanto aprecia. Se ela gosta de ir ao cinema e você não, ela pode ir com as suas amigas, mas não custa nada fazer companhia a ela algumas vezes.

15. Respeite acima de tudo
Para que um namoro dê certo é preciso sintonia em muitos aspectos. Mas acima de tudo, você deve respeitar a sua gata, seja ela como pessoas, os seus gostos e opiniões.

Você pode se tornar irresistivelmente atraente para as mulheres, desenvolvendo suas características e atitudes alfas. Mas o que fazer para ter esse tipo de sucesso e seduzir lindas mulheres? A resposta é simples: você precisa ativar os gatilhos da atração.

Para isso, existe o Código da Atração. É um ebook com todas as técnicas e ferramentas para ajudar você a se tornar mais confiante e bem sucedido em seus relacionamentos. Você aprenderá como conquistar e seduzir mulheres de uma forma que você nunca viu.

Eduardo Santorini

SITE DE RELACIONAMENTO

siterelacmulher O Brasil é um dos paises com maior número de internautas usando sites de relacionamento, segundo pesquisa divulgada pela Nielsen.

Atualmente 80% dos brasileiros que navegam na internet estão ligados aos sites que a empresa de pesquisas chama de “comunidades de membros”, que incluem blogs e redes de relacionamento como o Facebook.

Os internautas brasileiros também são o que passam mais tempo neste tipo de site – quase um a cada quatro minutos de navegação na internet.

No ranking apresentado pela Nielsen, empresa que oferece serviços de mensuração e análise de dados de navegação na internet, o Brasil é seguido por Espanha (onde 75% dos internautas usam redes de relacionamento), Itália (73%) e Japão (70%).siterelachomem

Amor para quem tem pressa de um Relacionamento

Muitas vezes encontrar o amor demanda tempo e disposição. Para isso, muitas pessoas se utilizam da internet, ou seja, ” o amor virtual “. O relacionamento on-line (virtual) proporciona uma busca com mais velocidade tendo em vista que os sites de relacionamentos oferecerem cadastros onde possibilitam um cruzamento de informações afins aumentando, dessa forma, a possibilidade de se encontrar pessoas com objetivos, estilo de vida e classe social em comum.

Pode-se encontrar pessoas de todas as idades. Com 20, mais de 30 , mais de 40 ou 50 anos, ex casados, solteiros, separados (as) ,cristãos, espíritas e ateus. Para todos o gostos e afinidades, existem sites de relacionamento expostos para ajudar a encontrar o par perfeito sem ter que ficar esperando por oportunidade rara ou impossível de se conhecer uma pessoa para o amor eterno.

Melhor diálogo entre os pretendentes

As conexões tipo skip e afins permitem os olhos nos olhos proporcionando que se demonstrem mais honestidade ou quaisquer sentimentos expressivos. O diálogo on line (via interne) flui mais facilmente que ao vivo ou pessoalmente.
siterelaccasalAs conversas on line podem ser em salas de bate-papo, webcam ou atualmente realizadas nos smartfones com o face time. Com isso as pessoas se conhecem bem melhor umas às outras.

Conectando os sentimentos on line

A internet proporciona, nos dias de hoje, o encontros entre os casais de forma rápida e mais fácil. Sem o constrangimento dos tímidos ou silêncio da falta de assunto. Encontrar o par perfeito se torna mais rápido devido a quantidade de pessoas que utilizam esse método para se conhecer e que a comunicação pode ser feita com mais intimidade, não havendo a necessidade de se aguardar um encontro olho no olho para se obter um conhecimento especial e a intimidade amorosa tanto almejados pelos casais.

Mulheres na conexão

siterelacnamorada Cada vez mais mulheres procuram e encontram homens nos sites de relacionamento presentes na internet brasileira. Os sites de relacionamentos são avaliados do ponto de vista feminino dando ainda às internautas brasileiras dicas de como fazer uma busca segura e sem sustos.
Alguns dos maiores sites de relacionamentos presentes na internet brasileira são analisados de forma objetiva e coerente em forma de respostas a perguntas. O que, obviamente gostaria-se de saber é a opinião masculina!. O que os leitores masculinos deste blog acharam do texto? Será que homens e mulheres concordam com as dicas aqui expostas?
Será que só existem homens que mentem na idade, aparência e estado civil? E será que com o mínimo de cuidado e bom senso, de ambas as partes, homens e mulheres, não evita 95% das surpresas desagradáveis?
De qualquer forma paqueras, namoros, relacionamentos sérios e casamentos podem dar certo ou não graças a uma combinação de fatores, independentemente do local onde o casal se conheceu. O importante é não correr riscos desnecessários, mas também não se fechar às novidades tecnológicas do mundo atual. Assim como no mundo real, o mundo virtual oferece oportunidades únicas que não merecem ser descartadas!

Aqui nesta página pode estar aparecendo propagandas para mostrar a você os melhores sites de

relacionamento do Brasil.

No entanto você pode pesquisar em um abrangente sistema de avaliação para descobrir quais sites de

relacionamentos são mais eficazes e os mais bem sucedidos possível! Um deles está no endereço baixo:

www.top10sitesderelacionamento.com.br.

Um abraço e boa sorte.

CASAMENTO

logo_casamento Está a fim de casar? Organizar aquele festão,lista de casamento,lua de mel? Crie um site de casamento, ali você poderá controlar tudo o que vier a acontecer, poderá registrar das fotos aos detalhes até a total concretização do seu sonho.
Existem alguns sites como o “icasei” que além de facilitar o controle ajudam bastante o casal com o evento dos sonhos. Um deles pode estar aparecendo em uma das propagandas desta página.

A melhor maneira de viver? Uma posição social? Uma necessidade? Ajudaremos a entender por que até hoje o casamento é tão desejado pelas mulheres

casamento felizCasar já foi imprescindível (até a metade do século passado), impensável (para os hippies dos anos 60) e careta (nos anos 90). E hoje? Que espaço o casamento, seja de papel passado ou não, ocupa na vida das mulheres em tempos de liberdade de escolha? Dá para priorizar a carreira, bancar as contas com salário próprio, adiar a maternidade, experimentar novos tipos de relacionamento (por que não a três?), curtir os dias sem compromisso.
Por mais que existam inúmeras maneiras de tocar a vida, as mulheres ainda acreditam que construir uma história a dois é a melhor opção. Mesmo sabendo das dificuldades, seja por um casamento anterior, seja pela experiência dos pais, seja pela simples observação. Dividir a rotina, o mau humor, os perrengues da casa, a educação dos filhos, as diferenças, a pilha de roupa suja que insiste em crescer… Ninguém diz que é fácil.
Dados de uma pesquisa do IBGE divulgada no final de 2012 confirmam que o desejo de se juntar a alguém ainda existe – e muito. As uniões consensuais cresceram quase 10% na última década e os recasamentos também aumentaram. É provável que parte desse crescimento seja resultado da facilidade com que hoje se faz (e se desfaz) um contrato (de união estável), e, por isso, mais casais optam por oficializar seus relacionamentos. Mas há também a estatística dos divórcios – 47% dos casais se separam antes de completar dez anos de união; um em cada cinco não fica quatro anos junto.
Impossível negar que o estigma da solteirona não esteja ligado a parte das uniões (feitas e desfeitas), já que ainda hoje uma mulher com mais de 30 anos e sem marido é vista pela sociedade como… fracassada. Afinal, atualmente se casa por vontade ou necessidade? A conversa com quatro mulheres e especialistas para ajudar a entender o valor e o papel do matrimônio hoje.

“A brasileira ainda põe um peso muito grande no matrimônio porque não tem outros projetos” (Mary Del Priore, historiadora)

Para a psicóloga Giovana Perin, que, em sua tese de doutorado na Universidade de Brasília, estuda o impacto da independência financeira feminina nos casamentos contemporâneos, o conceito de união mudou nos últimos 50 anos tanto quanto a vida das mulheres – e ainda não há um novo padrão estabelecido. “Vejo essa mudança com um olhar positivo. As pessoas ficam juntas por afinidade e por projetos em comum, e não mais porque precisam ser sustentadas ou porque é bom para as famílias”, opina. De acordo com a historiadora Mary del Priore, o período é mesmo de transição, mas exige atenção. “A brasileira ainda põe um peso muito grande no matrimônio porque não tem outros projetos. Na Europa, as mulheres já dividiram sua fonte de felicidade entre o marido, um hobby, um grupo de estudos”, diz.
Mirian Goldenberg, antropóloga que estuda o comportamento feminino há 25 anos, também aponta que as mulheres brasileiras concentram seus esforços no casamento e, por isso, têm dificuldade em se sentir realizadas nos relacionamentos. “Elas ainda não sabem o que esperam de uma relação e por isso cobram demais dos homens. O que mais ouço são mulheres reclamando que gostariam que os parceiros fossem mais românticos, mais prestativos, sempre mais. Já dos homens, ouço que gostariam que as mulheres fossem menos estressadas, menos exigentes, sempre menos. É uma diferença muito significativa”, avisa.
Para a antropóloga, o caminho das relações mais saudáveis e duradouras depende do valor que a mulher credita a si mesma. “Só assim ela vai parar de procurar autoafirmação no casamento, no aval masculino, e perceber que ela é seu próprio capital. E que tem o poder de escolher se quer casar ou não para ser feliz”, avisa.

Barriga no fogão casamento duradouro

Lidia Aratangy, psicóloga de casais e autora de livros como O anel que tu me deste: o casamento no divã, acha que a inclusão do homem na vida doméstica hoje é fundamental para que o casamento seja vantajoso para a mulher (e, portanto, viável). Mas sublinha que não é só o homem que deve mudar sua atitude. “Como ninguém ajudou as mulheres a terem uma carreira fora de casa, elas pensam que eles também têm que batalhar para achar um espaço digno dentro de casa. O certo é que haja uma troca, cada um fazendo aquilo que mais gosta e tem competência.” Até porque a postura feminina de não permitir que o espaço doméstico seja “invadido” gera ainda mais estresse e acúmulo de tarefas, duas das questões femininas apontadas pelos psicólogos consultados. “Me pergunto se as mulheres de hoje são mais felizes do que suas avós por terem tantas opções. O poder de escolha traz mais angústia”, acredita Lidia.casamento eterno
Giovana Perin vê com otimismo esse ponto de ebulição. “Pela primeira vez na história, o casamento pode facilitar a vida das mulheres, no sentido de dividir as funções e permitir que elas escolham quais querem exercer. Mesmo não precisando, continuamos escolhendo ficar juntos. A diferença é que só vamos continuar casados enquanto for bom. Olha que maravilha.”

Um abraço e boa sorte.

A procura dos bons partidos

bom partido homemFoi-se o tempo em que o amor era o ingrediente principal para manter um casal unido mesmo diante de dificuldades. Qual será o tipo de companheiro (a) que os solteiros mais buscam? Foi com base nesta pergunta que o Par Perfeito, um dos maiores sites de relacionamento do Brasil, realizou uma enquete com três mil usuários para descobrir qual é o perfil de parceiro mais procurado.

A pesquisa revelou que a opinião dos solteiros muda de acordo com o sexo e a faixa etária. Por exemplo, 23% das mulheres, entre 18 e 24 anos, preferem os “gentis”. Já entre os homens da mesma faixa etária, 34% buscam as “carinhosas”. No entanto, a maior surpresa ficou por conta dos usuários com idade entre 25 e 35 anos, enquanto 25% deles mantêm a procura pelas mulheres “carinhosas”, 24% delas buscam os “bem-sucedidos”.

Já para os solteiros mais maduros, com idade acima dos 36 anos, nada muda. Tanto homens quanto mulheres mulherbompartidobuscam companheiros “fiéis”. No final da história, o quadro geral revelou que as mulheres procuram por homens “fiéis, mas que sejam “bem-sucedidos”, já eles buscam pelas “fiéis”, mas que sejam “carinhosas”.

Entre os itens de escolha no perfil foram colocados bem-sucedido, bonito, carinhoso, fiel, gentil, inteligente e romântico, valendo para ambos os sexos.

Confira abaixo o resultado da pesquisa comparando o percentual das mulheres que preferem homens bem-sucedidos a fiéis:
De 18 a 24: 15% bem-sucedido/ 17% fiel
De 25 a 35: 24% bem-sucedido/18% fiel
De 36 a 46: 23% bem-sucedido/23% fiel
Mais de 46: 21% bem-sucedido/28% fiel