Dicas para um relacionamento feliz

Abrace, pegue na mão, converse e beije (muito) o seu parceiro. Veja outras dicas para avivar o amor do casal.

 

cristiano ronaldo e irinaUma relação feliz, saudável e harmoniosa são requisitos indispensáveis para uma vida a dois recompensadora. Porém, por inúmeros motivos, os relacionamentos passam   por    períodos de desgaste. “Uma das maiores dificuldades está na questão do diálogo. A escassez de conversa e a falta de paciência em ouvir o outro influenciam negativamente o relacionamento”, explica a terapeuta de casais Ana Cavalcante. Para a sexóloga Carmen Janssen, outros fatores também podem colaborar para essa situação. “São diversos motivos. Podemos citar alguns deles, como excesso de trabalho, preocupações do cotidiano, o cuidado com os filhos, falta de dinheiro, cansaço.”

No entanto existem algumas dicas que podem ajudar a melhorar a relação e torná-la mais feliz. Tudo começa coma idéia do “dar certo” o qual está associado a uma fantasia do que seria um convívio ideal.
É claro que não devemos esquecer que geralmente temos dificuldades em lidar com nós mesmos. Assim, é natural que mediante as nossas faltas, venhamos idealizar no relacionamento a dois, fantasiando que estando com uma determinada pessoa, iremos nos realizar porque a idéia de entrar numa relação amorosa, para nós, inicialmente, é de que estaremos nas “nuvens”.

E quando você pensa no que precisa fazer para sentir-se nas “nuvens” você imagina, logo o carinho, a ternura, o aconchego, o comprometimento etc. E nesta lista de expectativas, podemos notar que ali estão as carências afetivas da pessoa. É aquilo que ela não tem, não tem porque não faz para si, pode até fazer para os outros, mas não para si. Então ela deve primeiro procurar suprir essa deficiência ofertando o melhor para si mesma.

A exemplo disso, na hora do pior, nós, quase nunca, damos o melhor que temos para nós mesmos. Para as outras pessoas nós a animamos, a incentivamos, mas é a nós ? O que fazemos e falamos para nós mesmos? Vivemos com uma deficiência muito grande em relação àquilo que podemos fazer por nós.

Veja bem, você não deve vir para uma relação com a expectativa de ter um parceiro (a) do qual fará por você tudo aquilo que você fará por ele, isto é ,não deve cobrar reciprocidade de tudo que se faz, pois isso certamente causará frustações. Não se deve cobrar do parceiro o comportamento de forma a preencher todas a suas necessidades e carências. Não sufoque o parceiro(a) com cobranças e expectativas suas para que a relação não se torne um peso. Dialogue, seja paciente, e lembre-se que acima de qualquer disavença na relação, a lei do verdadeiro amor superam as dificuldades que posam surgir.

DICAS PARA MANTER ACESA A CHAMA DO AMORcair na rotina

Não permita que a rotina “do mal”: mal se olha, mal se toca, mal conversa aconteça na sua relação. Veja a fórmula para manter acesa a chama do amor…

A vida a dois exige compreensão, companheirismo e renovação constante da convivência. A maioria dos casais passa muito tempo separada por interferência do trabalho e outras ocupações. Alguns se esquecem do quanto é prazeroso estar com o parceiro e que as pequenas atitudes fazem a diferença para que o tempo juntos seja inesquecível.

Para a consultora em relacionamentos Nelma Penteado, não há fórmulas para manter o “calor” da relação, porém algumas atitudes, se praticadas, podem dificultar a chegada da monotonia ao romance. “Em anos de casamento ou namoro, muitas conversas e ações que antes existiam são deixadas de lado e é neste momento que a atenção ao outro deve ser redobrada”, afirma. “O casal não deve permitir a rotina ‘do mal’: mau se olha, mal se toca, mal conversa e ainda exigir que o sexo seja bom”, alerta. A consultora acredita que as relações devam passar por momentos inovadores para que o “eterno” não se transforme em “enquanto dure”.

A reciclagem do compromisso pode ser um presente para o casal que se preocupa em manter aceso o “fogo da paixão“. Ela ainda completa dizendo que: manter um dia-a-dia com momentos positivos, proporciona a canalização de energia para um momento erótico ou afetivo mais intenso.
rotina2Segundo a especialista, a mulher deve estar certa de suas escolhas e decisões para se sentir feliz e transmitir felicidade ao seu par. No entanto, Nelma garante que a preocupação em cultivar os bons momentos nas relações não é só da mulher, pois os homens também se interessam em manter o interesse por sua parceira em alta. “A troca de afetividade, delicadeza, telefonemas para falar sobre saudade que se sente no meio da tarde ou brincadeiras a dois são formas de manter o amor e a paixão aquecidos, sem cair na rotina desgastante”, lembra.

Agora aplique as dicas acima e seja mais feliz

um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *